Las voces de los estudiantes universitarios con discapacidad en las instituciones públicas de educación superior en Brasil y en Portugal (2008–2015)

  • Francisco Ricardo Lins Vieira de Melo
  • Maria-Helena Martins
  • Maria-Leonor Borges
  • Teresa Gonçalves
Palabras clave: educación superior, inclusión educativa, estudiantes con discapacidad, voces de estudiantes

Resumen

El presente estudio tiene como objetivo analizar la producción científica de Brasil y de Portugal respecto a la inclusión de estudiantes con discapacidad en la educación superior. La metodología adoptada consistió en el análisis de investigaciones de maestría y tesis de doctorado que abordan las voces y las experiencias de los estudiantes con discapacidad. Dichas voces revelan que, aunque ambos países refieran prácticas cada vez más inclusivas, estas acciones aun son insuficientes para garantizar la permanencia y participación de los estudiantes en la vida universitaria. Los indicadores utilizados pueden ayudar a guiar la elaboración de políticas y prácticas que respondan a los desafíos de la inclusión en la educación superior.

Biografía del autor

Francisco Ricardo Lins Vieira de Melo

Brasileiro. Doutor em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Brasil; Graduado em Fisioterapia pela Universidade Federal da Paraíba, Brasil. Professor Assitente do Departamento de Fisioterapia do Centro de Ciências da Saúde e do Programa de Pós-Graduação em Educação e Presidente da Comissão Permanente de Apoio ao Estudante com Necessidade Educacional Especial (CAENE) da UFRN. Áreas de investigação: educação inclusiva, ensino superior, pessoas com deficiência e políticas de inclusão. [ricardolins67@gmail.com]

Maria-Helena Martins

Portuguesa. Doutora em Psicologia Educacional pela Universidade do Algarve, Portugal, Mestre em Educação Especial pela Universidade Técnica de Lisboa. Professora Auxiliar da Faculdade de Ciências Humanas e Sociais Universidade do Algarve, Portugal, coordenadora do Gabinete de Apoio ao Estudante com Necessidades Educativas Especiais, Universidade do Algarve, Portugal. Áreas de investigação: a inclusão, pessoas com deficiência, políticas de inclusão e ensino superior, intervenção precoce, resiliência e envelhecimento. [mhmartin@ualg.pt]

Maria-Leonor Borges

Portuguesa. Doutora em Educação com especialidade em Formação de Professores pelo Instituto da Educação da Universidade de Lisboa, Portugal, Mestre em Análise Social da Educação pela Universidade de Lisboa, Portugal. Professora Adjunta da Escola Superior de Educação e Comunicação da Universidade do Algarve e Diretora do Mestrado em Educação Especial e membro do Gabinete de Apoio ao Estudante com Necessidades Educativas Especiais da Universidade do Algarve, Portugal. Áreas de investigação: formação de professores (conhecimento e desenvolvimento profissional), políticas educativas e inclusão educativa e estudos na área da deficiência. [mlborges@ualg.pt]

Teresa Gonçalves

Portuguesa. Licenciada em Sociologia e Mestre em Educação Social pela Universidade do Algarve. Estudante no Doctorado em Educação com especialidade em Formação de Adultos no Instituto de Educação da Universidade de Lisboa, Portugal.  Áreas de investigação: Educação e Formação de adultos, estudantes não-tradicionais com necessidades educativas especiais. [tcavaco@ualg.pt]

Publicado
2019-06-01
Cómo citar
Lins Vieira de Melo, F. R., Martins, M.-H., Borges, M.-L., & Gonçalves, T. (2019). Las voces de los estudiantes universitarios con discapacidad en las instituciones públicas de educación superior en Brasil y en Portugal (2008–2015). Revista Iberoamericana De Educación Superior, 10(28), 42-65. https://doi.org/10.22201/iisue.20072872e.2019.28.428
Sección
Territorios